quinta-feira , 18 Janeiro 2018
Home / Destaque / Chuvas causam R$ 1 bi de prejuízos em MT

Chuvas causam R$ 1 bi de prejuízos em MT

(Last Updated On: 10/12/2017)

Diante dos últimos temporais em Mato Grosso, a Defesa Civil do Estado confirma que já está atenta aos rimeiros registros de alerta vindos de municípios atingidos na fase mais crítica deste período chuvoso, de dezembro deste ano a fevereiro de 2018.

A expectativa é a de que prejuízos por estragos causados pelas chuvas cheguem a R$ 1 bilhão, entre públicos e privados. Esta é uma situação que se repete, ano a ano, na capital e no interior.

A informação é do sargento Bombeiro Militar Wagner Soares, gerente de articulação e comando operacional da Defesa Civil do Estado. Ele destaca que não há prevenção contra desastres a não ser a resolução de questões sociais e estruturais, tais como a retirada de famílias que moram a beira de rios, em áreas de risco, e o conserto de pontes velhas e arriscadas.

O sargento  explica que as cidades cresceram “de qualquer jeito”, que gestores “jogam asfalto” em qualquer lugar, sem se preocupar em instalar galeria de captação de águas pluviais ou se vão “percolar”, ou seja, descer para o subsolo até lençóis freáticos. Isso gera alagamentos e enchentes.

“Estas questões interferem na intensidade dos desastres, mas alguns não temos como evitar os prejuízos, é casa destruída, gado perdido, estrada de fazenda danificada e tantas outras ocorrências”, comenta o sargento.

No último período chuvoso, de dezembro de 2016 a fevereiro deste ano, um quarto dos 141 municípios mato-grossenses, ou seja, 35, acionaram a Defesa Civil, seja em nível municipal, registrando estado de alerta, ou Estadual, quando a situação já é de emergência.

Casos extremos são considerados calamidade pública, mas não há históricos de tragédias recentes deste nível em Mato Grosso. Para reparação da danos, os municípios prejudicados captaram R$ 63 milhões junto ao Governo Federal no Ministério de Integração Nacional. Mas esse dinheiro ainda não saiu de fato, embora esteja empenhado.

Meteorologia

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) prevê muita chuva em todo Mato Grosso até 12 de dezembro. O Estado está de em estado de alerta meteorológico, grau de atenção, para possíveis ocorrências de fenômenos meteorológicos adversos dentro de 72h, chuvas intensas, com queda de granizo, vendaval e raios.

Comente o que você achou da postagem