terça-feira , 12 dezembro 2017
Home / Meio Ambiente / Comitiva de deputados e prefeitos de MT e Rondônia visita Sema

Comitiva de deputados e prefeitos de MT e Rondônia visita Sema

Postado em: 02/12/2017

Cerca de 25 pessoas, entre deputados federais, prefeitos, vereadores e outras autoridades do interior de Mato Grosso e de Rondônia estiveram reunidas com os secretários executivos da Sema, André Baby, e da Sinfra, Ricardo Almeida, nesta quinta-feira (30.11), no gabinete da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, em Cuiabá. A visita teve como pauta o licenciamento ambiental de um trecho das rodovias MT 99 e 235, no munícipio de Comodoro (638 km de Cuiabá).

Conforme o secretário Baby, o pleito é justo, porém, para que o órgão ambiental possa avaliar a viabilidade da licença para o trajeto antes é necessário que as autoridades locais providenciem um projeto robusto e o apresente à Sema. “O governo entende perfeitamente os anseios da população que está em busca de melhorias, de melhor acesso e qualidade de vida. Estamos aqui para ajudar, mas sempre respeitando o meio ambiente”.

O secretário Ricardo Almeida também se colocou à disposição para auxiliar os prefeitos da região na missão de providenciar um bom projeto, já que esse é um requisito essencial para a aprovação e bom andamento da obra, seja na Sinfra ou na Sema. “Pode parecer simples, mas nem sempre as prefeituras dispõem de profissionais capacitados para confecção dos projetos, que chegam carentes de informações e de difícil execução, por isso, nos dispomos a ajudar nesse primeiro e mais importante passo”.

Para os deputados federais Valtenir Pereira (MT) e Lúcio Mosquini (RO), a viabilidade das rodovias vai contribuir com o desenvolvimento principalmente dos municípios mato-grossenses que fazem divisa com Rondônia. “Hoje os produtores daquela região não conseguem produzir por falta de acessibilidade. Um exemplo é o calcário, que é um importante corretivo para o solo, mas em inúmeras fazendas ele não chega”, avalia Mosquini, que foi o idealizador da reunião.

O prefeito de Comodoro, Jeferson Ferreira Gomes, que está em seu primeiro mandato, mas também já atuou como vereador, explica que a maior dificuldade hoje é um trecho de cerca de 10 km na MT 99, na zona rural do município. “Se conseguirmos o licenciamento e a estrada sair, vamos conseguir ligar Comodoro a Cabixi, em Rondônia, em um trecho reto de 80 a 90 km”.

Mais que encurtar trajetos, a estrada vai permitir o aumento na produtividade da região que tem potencial para pelo menos 100 mil hectares de plantio e também a exploração da mineradora de níquel que foi aberta há 30 anos, mas não opera por falta de meios de escoamento, o que agregaria mais de 2 mil empregos. “Nossa cidade é maior que o estado de Sergipe, tem 62% de áreas indígenas e 12 assentamentos rurais, dos quais sete legalizados pelo Incra”, acrescenta Gomes.

O secretário de Agricultura de Cabixi, Marcus Martins Gomes, afirma que os setores produtivo e empresarial têm interesse em auxiliar nas melhorias. “Em Mato Grosso, o ganho principal será na produtividade, na arrecadação de impostos. Já em Rondônia, vamos ter um encurtamento muito grande de distâncias entre os municípios que são vizinhos”.

Também participaram o deputado estadual de Mato Grosso, professor Adriano Silva, prefeitos e vereadores de Cerejeiras, Corumbiara, Pimenteiras e Colorado D’Oeste, em Rondônia.

Comente o que você achou da postagem