quinta-feira , 18 Janeiro 2018
Home / Destaque / Entrega do cartão Pró-família reforça ação do Governo para erradicar pobreza

Entrega do cartão Pró-família reforça ação do Governo para erradicar pobreza

(Last Updated On: 10/12/2017)
Nove municípios da Região Sul foram atendidos, beneficiando mais de 1.000 famílias que estão em situação de vulnerabilidade social

 

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), finalizou na tarde desta sexta-feira (08.12), em Rondonópolis (210 km de Cuiabá), as entregas dos cartões Pró-família na Região Sul do Estado. Nove municípios foram atendidos, beneficiando mais de 1.000 famílias que estão em situação de vulnerabilidade social.

A cerimônia para entrega dos cartões aconteceu na Escola Municipal Rosalino da Silva, durante a Caravana da Transformação, com a presença do governador Pedro Taques, da titular da Secretaria Estadual de Trabalho, Emprego e Assistência Social (Setas), Monica Camolezi, o secretário chefe da Casa Civil, Max Russi, prefeito Zé Carlos do Pátio e outras autoridades. A entrega contemplou o primeiro grupo de pessoas que estão recebendo o cartão em Rondonópolis: 351 famílias. O programa vai beneficiar em Rondonópolis 1027  famílias.

O objetivo da estratégia do Governo do Estado é promover a melhoria das condições de vida das famílias com maior grau de vulnerabilidade social por meio da oferta de um conjunto de ações intersetoriais planejadas, levando em conta a necessidade de cada família e as especificidades do território onde ela reside. O programa reafirma o compromisso do Governo do Estado para erradicar a extrema pobreza em Mato Grosso, que atinge 123 mil famílias.

Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a extrema pobreza voltou a crescer. Uma pesquisa realizada pelo Instituto, por meio de dados divulgados pela Síntese dos Indicadores Sociais (SIS), revelou que a quantidade de famílias com rendimento per capita inferior a 25% do salário mínimo subiu em 2015. Essa classe social saltou de 8%, em 2014, para 9,2% em 2015. Foi o primeiro aumento desde 2009.

Segundo o IBGE, o aumento de famílias em extrema pobreza só não foi maior por conta de pensões e benefícios de transferência de renda, como o Pró-família, criado na gestão Pedro Taques. O cartão Pró-Família é um complemento de renda no valor de R$ 100 para ajudar na manutenção alimentar. O recurso só pode ser usado para a compra de alimentos em mercados credenciados pelo Estado.

Os profissionais que integram a rede de proteção, agentes comunitários de saúde e assistentes sociais, também recebem o cartão, que confere um complemento na renda salarial da equipe técnica. Somente na Região Sul, foram entregues 302 cartões para os profissionais. O valor repassado é de R$ 100 para agentes comunitários e R$ 300 para assistentes sociais.

Rede de proteção

O governador Pedro Taques acompanhou todas as entregas e agradeceu o apoio dos profissionais que compõem a rede de proteção. “Temos um olhar especial para as agentes de saúde e assistentes sociais. São essas profissionais que conhecem as dificuldades de cada família. Então, quando criticam o programa Pró-família, estão excluindo famílias que já vivem excluídas, invisíveis para a sociedade, sem oportunidades. Por isso, além do cartão com o R$ 100 para fazer a compra, as famílias serão comtempladas com cursos de qualificação, para superar as dificuldades de forma digna”, destacou o governador durante entrega dos cartões em Rondonópolis.

A secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Monica Camolezi, destaca que a transferência direta do cartão alimentação para as famílias, que podem escolher onde comprar os alimentos nos mercados credenciados, garante a dignidade para os beneficiários. “O nosso objetivo é promover o empoderamento das famílias assistidas, que tem em sua maioria mulheres chefes de família, que são responsáveis pelo sustento da casa. Com o cartão Pró-família elas tem o direito de escolha dos alimentos que vão comprar para alimentar os filhos, sem ficar na dependência de cestas básicas, que muitas vezes não comtemplam as suas necessidades”, disse a secretária.

Entregas Região Sul

Nesta segunda-feira (04.12), 144 famílias dos municípios de Paranatinga e Santo Antônio do Leste receberam o cartão alimentação. Para os agentes comunitários de saúde e assistentes sociais são 37 cartões.

Na quarta-feira (06.12), as entregas foram nos municípios de Itiquira  e Ouro Branco, que receberam os cartões do programa Pró-família. Foram 102 famílias beneficiadas e 21 cartões para os agentes comunitários de saúde e assistentes sociais.

Os municípios de Tesouro, Guiratinga, São José do Povo e Pedra Presta receberam, na quinta-feira (07.12), a comitiva da Caravana da Transformação para a entrega dos cartões Pró-família. Nos quatro municípios foram beneficiadas 271 famílias.

 

Comente o que você achou da postagem