terça-feira , 12 dezembro 2017
Home / Entretenimento / Espetáculo de dança do ventre terá participação de reeducandas

Espetáculo de dança do ventre terá participação de reeducandas

Postado em: 02/12/2017

Trazer de volta a feminilidade e o sagrado natural das mulheres, com todo toque de sensualidade e força que a dança árabe apresenta. Esse é o principal objetivo do espetáculo ‘A Tenda Vermelha’, no dia 03 de dezembro, às 20h, no Cine Teatro Cuiabá. O evento terá a participação de reeducandas da penitenciária feminina Ana Maria do Couto May, da capital.

Inspirada no romance de Anita Diamant, a obra homônima foi adaptada, trazendo aos palcos “o resgate dos espíritos daquelas mulheres que sonhavam, lutavam, se vestiam de amor e determinação e dançavam a jornada da vida com toda sua alma”, ressalta a professora e dançarina Najmah Al Nureen.

Nas tradições antigas, ‘A Tenda Vermelha’ costumava ser um local onde se cultuava o sagrado feminino, onde os laços entre avós, mães e filhas se fortaleciam. Com o espetáculo, a Companhia de Dança Najmah Al Nureen procura apresentar a força do feminino e despertar nas mulheres a vontade de tomar as rédeas de suas vidas, da alegria e do prazer.

Com originalidade, além de abordar todo o universo feminino e seu poder, a apresentação será baseada nas Leis Sistêmicas de Bert Hellinger (pertencimento, ordem e equilíbrio). “Foi uma experiência incrível trabalhar com elas e proporcionar um resgate de autoestima e de aproximação da arte por meio da dança”, destaca Najmah.

O projeto é uma parceria da Associação Cultural Cena Onze, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso e a Cia. de Dança. “Essa parceria tem a finalidade de proporcionar às recuperandas uma oportunidade de acesso à arte, devolvendo a elas a feminilidade. Para nós do Cena Onze é um projeto de inserção social, pois elas têm direito à cultura e lazer como todos. E no palco não há identificação de quem é recuperanda e quem não é. Essa é a beleza do espetáculo”, disse o diretor da Associação Cultural Cena Onze, Flávio Ferreira.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Fausto Freitas, destaca que as parcerias são fundamentais para que o Estado consiga efetivar projetos de reinserção social com a população das unidades prisionais. “As atividades realizadas com parceiros como o Cena Onze, a exemplo do projeto do Auto da Paixão, evidenciam a importância da arte- educação nesse processo. Somente com trabalho, qualificação e educação é que conseguiremos de fato promover a ressocialização das pessoas privadas de liberdade”, observou.

O espetáculo, que tem a direção geral de Najmah Al Nureen e direção artística de Wagton Douglas, está na 3ª edição e garante uma viagem de beleza, conhecimento e memória dos ciclos femininos perdidos e da poesia de tradições esquecidas das tribos nômades do Oriente. O show tem duração prevista de uma hora.

Além do espetáculo, no foyer do Cine Teatro, haverá também a exposição e comercialização de itens de artesanato feitos pelas recuperandas das unidades prisionais femininas de Cuiabá e de Nortelândia.

Informações: (65) 98113-4340

Classificação: Livre

Ingressos: R$ 30,00 inteira

 

Comente o que você achou da postagem