terça-feira , 19 setembro 2017
Home / Polícia Federal / PF e Polícia Nacional do Peru assinam termos de cooperação

PF e Polícia Nacional do Peru assinam termos de cooperação

Postado em: 28/08/2017

A Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo recebeu nesta manhã uma comitiva composta do Diretor Geral da Polícia Nacional do Peru, General Vicente Romero Fernandez, de seu Diretor Antidrogas, General Hector H. Lozaya Arrieta, do Diretor apara Assuntos Internacionais, Jorge Manuel Oviedo Rodrigues e do Chefe da Unidade Especial L800 da Divisão de Inteligência Antidrogas, Comandante Miguel Angel Palma Vargas, para uma reunião de trabalho e assinatura de um termo de cooperação interinstitucional com o objeto de aprimorar e ampliar a cooperação entre o Brasil e o Peru na prevenção e luta contra o crime organizado internacional e a criminalidade conexa, especialmente o tráfico ilícito de drogas.

A Direção Geral da Polícia Federal foi representada por seu Diretor Executivo, Rogério Augusto Viana Galloro, e contou ainda com a presença de representante da Coordenação Geral de Combate a Drogas – CGPRE, Marcelo de Oliveira Andrade, do Superintendente Regional da PF em São Paulo, Disney Rosseti, além do Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Rodrigo de Campos Costa, o chefe da Delegacia de Repressão a Drogas Fabrizio Galli e o supervisor do GISE/DRE/SP, Agnaldo Mendonça.

O termo estabelece os parâmetros para o desenvolvimento de atividades de intercâmbio de informações, apoio técnico, tecnológico e científico, apoio em programas de investigação, intercâmbio de conhecimentos especializados, experiências e boas práticas, além da formação de servidores, fortalecendo as relações entre as instituições e aproximando ambos os países.

As atividades de hoje incluíram visita às instalações da PF onde ocorrem as atividades mencionadas no tratado como das delegacias, do laboratório de análise de dados para a repressão a lavagem de dinheiro, do laboratório de perícia forense e reafirmam um compromisso mútuo de combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas que data de 1976, quando foi firmado o primeiro convênio de assistência recíproca para a repressão do tráfico de drogas ilícitas entre o Peru e o Brasil.

Comente o que você achou da postagem

Veja Também

STF revela que deputado fugiu “de pijama” após saber de operação da PF

Postado em: 19/09/2017 Fabris foi preso na última sexta-feira após Luiz Fux decretar “prisão em ...

POLÍCIA MILITAR DE BARRA DO BUGRES PRENDE TRAFICANTE QUE ESTAVA COM MANDADO DE PRISÃO EM ABERTO

Postado em: 19/09/2017 A Polícia Militar faz a sua parte, e, quanto mais a sociedade ...