quinta-feira , 18 Janeiro 2018
Home / TCE-Notícias / Prefeito de Reserva do Cabaçal é multado por não implantar Portal Transparência

Prefeito de Reserva do Cabaçal é multado por não implantar Portal Transparência

(Last Updated On: 15/12/2017)

O prefeito reeleito de Reserva do Cabaçal, Tarcísio Ferrari, foi multado em 15 UPFs por descumprir decisão do Tribunal de Contas de Mato Grosso, que ordenou a efetiva implantação do Portal Transparência, de modo que fossem apresentadas informações pormenorizadas e em tempo real, com o devido acesso ao canal da Ouvidoria do município, em cumprimento às normas de transparência na gestão pública (Lei n° 12.527/2011). A decisão é parte do julgamento de um monitoramento do cumprimento da decisão do TCE feito pela Secretaria de Controle Externo da 3º Relatoria.

O relator do processo nº 221074, conselheiro interino Luiz Carlos Pereira, apresentou seu voto na sessão ordinária da 1ª Câmara, ocorrida no dia 12, e confirmou que “muito embora o novo site se encontre atualizado, ao acessar, verificamos que, ainda que tenham ocorrido algumas implementações, existem informações que não foram disponibilizadas, entre elas o devido acesso ao campo Portal da Transparência, pois ao acessá-lo se é redirecionado para um endereço eletrônico inexistente”, contou

Em consulta ao site da Prefeitura de Reserva do Cabaçal, no link SIC – Serviço de Informação ao Cidadão, os auditores verificaram que constavam alguns documentos referentes ao Portal da Transparência, no entanto, nem todos os dados estavam inseridos.

O TCE – MT determinou ao atual gestor que promova as adequações necessárias no website da Prefeitura, no prazo de 60 dias, e mantenha as informações necessárias e obrigatórias ao exercício dos órgãos de controle e ao efetivo controle social atualizadas, encaminhando ao Tribunal de Contas as informações que comprovem o efetivo atendimento da determinação acima, sob pena de aplicação de nova multa.

Comente o que você achou da postagem