terça-feira , 12 dezembro 2017
Home / Destaque / Tangará da Serra sediará estadual de Xadrez em dezembro

Tangará da Serra sediará estadual de Xadrez em dezembro

Postado em: 27/11/2017

“A competição mais forte do ano, com velha guarda versus juventude”, diz FMTX

A etapa final do Campeonato Estadual de Xadrez será realizada no Centro Municipal Integrado de Educação Especial Prof. Isoldi Storck, de 01 a 03 de dezembro, organizado pela Federação Mato-grossense de Xadrez (FMTX), com o objetivo de declarar o campeão estadual de xadrez blitz e convencional do ano, em Tangará da Serra (240km de Cuiabá). E o período para inscrições segue aberto, até 29 de novembro, via internet e com valores de R$ 20,00 e ou R$ 50,00.

De acordo com o presidente da Federação Mato-grossense de Xadrez (FMTX), Cleiton Marino Santana, a etapa final do Campeonato Estadual de Xadrez já tem 53 inscrições de enxadristas de oito cidades do estado, sendo 29 inscrições na modalidade convencional e 24 na blitz. E, segundo ele, os competidores são de Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra, Campo Verde, Matupá, Campo Novo do Parecis, Barra do Bugres e Diamantino. E são esperadas mais inscrições.

“Será a competição mais forte do ano, tanto nas categorias menores quanto na adulta. Por reunir todos os principais jogadores do estado, da velha guarda dos enxadristas até os novos desafiantes da juventude. Com certeza o evento mais disputado dos últimos anos. E a maior promessa do xadrez é um dos meus alunos, um menino de 15 anos, Jailson da Silva Santos, que ficou em terceiro lugar no ano passado. Ganhou de enxadristas veteranos”, conta o presidente.

Programação e Premiações

A competição começa, na sexta-feira (01.12), às 17h, com o Congresso Técnico da modalidade blitz e as partidas terão início às 17h30. Depois haverá a abertura oficial do evento, às 19h, então o Congresso Técnico da modalidade convencional, às 19h45, e a primeira rodada das 20 às 23h.

No segundo dia, no sábado (02.12), a segunda rodada será das 08 às 11h, a terceira rodada das 14 às 17h, e a quarta rodada será das 19h30 às 22h30. E, no terceiro dia, no domingo (03.12), a quinta rodada será das 08 às 11h, a sexta rodada das 13h30 às 16h30 e a premiação pelas 16h30.

A premiação será de R$ 300,00 para o 1º lugar do absoluto, 200 reais para o 2º lugar, 100 reais para o 3º, 70 reais para o 4º e 50 reais para cada um do 5º ao 10º lugar. E também haverá premiação de R$ 150,00 para o 1º lugar do blitz, 100 reais para o 2º lugar e 50 reais para o 3º.

O evento é organizado pela Federação Mato-grossense de Xadrez (FMTX), em parceria com a Associação de Xadrez de Tangará da Serra e com a Prefeitura Municipal de Tangará da Serra.

Expansão

Um relatório da FMTX aponta a presente do xadrez em 33 cidades do estado de Mato Grosso, com 47 professores tocando atividades em 22 escolas da rede estadual, 01 de ensino superior, 09 escolas municipais, 02 escolas particulares e em outros 09 projetos.

Jogos Escolares

Natasha Alejandra Silva, uma cuiabana de 16 anos de idade e estudante de eletroeletrônica do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), conquistou medalha de bronze na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude de 2017, na categoria A (para atletas de 15 a 17 anos), que ocorreu de 16 a 25 de novembro, em Brasília (DF). E, segundo ela, que tem três irmãos, um pai professor da UFMT e uma mãe empresária, já no primeiro torneio que disputou, aos 8 anos, foi campeã.

“O jogador de xadrez precisa ter um psicológico frio e calculista para não deixar que problemas externos atrapalhem seu jogo. É dessa maneira que faço nos torneios que disputo. Treino vendo vídeos aulas e reproduzindo no tabuleiro físico. E já conquistei outras medalhas, como bronze no JIFs estadual, prata no JIFs regional, prata no JIFs nacional, bronze no Federal Chess e agora esse bronze no nacional dos Jogos Escolares. Além de outras medalhas por equipe”, diz Natasha.

De acordo com o titular da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso (Sael-MT), Leonardo de Oliveira, tramita no Congresso Nacional um Projeto de Lei (PL), de número 5840/16, que reconhece o xadrez como um esporte mental e o inclui no Calendário Esportivo Nacional do Ministério dos Esportes. A PL foi aprovada pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados e aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Texto e foto: Junior Martins

Comente o que você achou da postagem